Dúvidas

A sua dúvida pode estar aqui.

Leia a nossa página de dúvidas mais freqüentes e, caso não encontre o que precisa, entre em contato conosco.

Como posso adquirir o dispositivo do Via Fácil?

Você pode obter informações através do site www.viafacil.com.br ou pelo telefone 0800 015 02 52.

Conforme dispõe o contrato de concessão, a isenção do pagamento de pedágio autoriza o trânsito livre para veículos nos seguintes casos:
- Veículos de propriedade da concessionária;
- Veículos de propriedade da Polícia Militar e Rodoviária Federal e Estadual;
- Veículos destinados ao atendimento público de emergência: Corpo de Bombeiros e ambulâncias, quando em serviço;
- Veículos oficiais, desde que credenciados, em conjunto, pelo Governo do Paraná e pela Concessionária.

Se ainda estiver na praça de pedágio, você deve estacionar no acostamento à direita, ligar o pisca alerta e aguardar um funcionário. Explique o problema. Se não estiver na praça de pedágio, você deve entrar em contato pelo telefone 0800 450 277. Em ambos os casos, o bilhete de pagamento do pedágio deve estar em mãos. A partir da abertura da solicitação, será realizada uma auditoria, e, sendo comprovado erro, será providenciado o ressarcimento.

Você pode parar em um dos SAU´s ao longo do trecho administrado pela Ecocataratas ou solicitar informações através do 0800 450 277.

O valor das tarifas de pedágio está previsto no contrato de concessão. Estas tarifas são reajustadas anualmente, sempre no primeiro dia de dezembro, sendo o seu percentual de reajuste definido por índices setoriais fornecidos pela Fundação Getulio Vargas. Cada praça de pedágio cobre um número definido de quilômetros, razão também, porque há diferença entre as tarifas de cada trecho. Além disso, as tarifas de pedágio são diferenciadas por categoria de veículos, em decorrência dos desgastes físicos diferenciados que os mesmos acarretam à rodovia.

O Contrato de Concessão da Ecocataratas é de 24 anos. O contrato foi assinado em 14 de novembro de 1997 com o governo do Estado por meio do Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

A Polícia Rodoviária é a responsável por fiscalizar o trânsito nas estradas e possui sua rotina de trabalho independente da concessionária. Portanto, problemas como: assaltos, excesso de velocidade, direção perigosa, devem ser reportados à Base da Polícia Rodoviária mais próxima ao local do fato.

A velocidade máxima permitida de tráfego na rodovia varia de acordo com as características físicas do trecho. Em função da variação do limite máximo de velocidade permitido nas rodovias é fundamental que o motorista fique atento às placas de sinalização. As velocidades indicadas são limites para condições de tempo bom e com boa visibilidade.

Caso disponha de um celular, ou esteja próximo a um telefone convencional ao longo da rodovia, o usuário deve ligar gratuitamente para 0800 450 277. A Ecocataratas também possui viaturas de inspeção de tráfego que circulam 24 horas por dia pelas rodovias, verificando as condições das pistas e auxiliando os motoristas em situações de emergência.

O objeto esquecido nas dependências das unidades da Ecocataratas será recolhido e guardado por seis meses. Se você perdeu algum objeto na rodovia ligue (45) 3218-2900 em horário comercial e verifique se o material se encontra junto a Ecocataratas.

A quantidade e locais de implantação de passarelas é definida com base no Contrato de Concessão. A instalação desse dispositivo atende a uma norma específica do DER, que estabelece o volume mínimo de travessia de pedestres pela rodovia como critério para implantação. Ao todo, existem atualmente 14 dispositivos destinados a travessia de pedestres, implantados ao longo do trecho sob concessão da Ecocataratas, sendo 10 passarelas e 4 passagens subterrâneas.

As informações poderão ser obtidas através do telefone (45) 3218-2900, em horário comercial.

O contrato de concessão prevê que a concessionária disponibilize guinchos ou veículos para atendimentos de emergência que retirem o usuário da rodovia e desloque até um ponto de apoio próximo, onde possa buscar a solução para o problema do veículo. Não é possível uma remoção até a casa ou oficina de confiança de cada usuário porque o serviço prestado pela Ecocataratas tem como objetivo retirar o usuário da área de risco.

Em razão da política da empresa e por sigilo dos dados e imagens de pessoas envolvidas em incidentes, não são fornecidas imagens registradas por câmeras ou dados de acidentes ocorridos, salvos os casos em que exista uma ordem judicial e/ou requisição de órgão público competente.

Atualmente, novos investimentos em ampliação de capacidade da rodovia, tais como duplicações, não estão previstos no programa de investimentos da concessão, dessa forma somente poderão ser realizados com a prévia autorização do Governo do Estado.
Nós, Ecocataratas, entendemos que novos investimentos são necessários em diversos segmentos ao longo da rodovia BR-277, e vimos estudando em conjunto com o Governo do Paraná, alternativas técnicas e comerciais, de modo a que estas intervenções sejam implantadas.

 

•      A Instrução Normativa 1.731/17 da Receita Federal, de 24 de agosto de 2017, estabeleceu que a emissão de documento fiscal é obrigatória a partir de 1º de janeiro de 2018;

•      Para a emissão do Documento Fiscal Equivalente complementar (DFE), é necessário cadastrar o comprovante de pagamento da tarifa do pedágio, entregue na cabine de cobrança, por meio do portal https://cupomfiscal.ecorodovias.com.br/

•      O prazo para cadastro é de até 07 (sete) dias corridos, a partir da data de emissão do recibo de pagamento do pedágio, tenha sido o pagamento efetuado manualmente ou por sistema de cobrança automática. No momento da inscrição, deverá ser informado o número sequencial do comprovante e a placa do veículo. O documento fiscal que é entregue atualmente nas praças de pedágio já é suficiente para a prestação de contas de despesas. Contudo, ao acessar o site disponibilizado pelas concessionárias do Grupo EcoRodovias, o usuário poderá também emitir o documento fiscal complementar e imprimi-lo, se assim desejar.