Notícias

Esse canal é atualizado de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas. Nele você encontra notícias sobre a empresa e os boletins enviados para a imprensa.

Para informações de tráfego, consulte o Twitter e o mapa interativo do site.
Assessoria de imprensa:
(45) 3218-2900 / 9 9951-7271
imprensa@ecocataratas.com.br   

Ecocataratas faz alerta sobre descarte de entulhos às margens da BR-277

Publicado em 18 de mai de 2021 às 13:00

Jogar lixo às margens da BR-277 é literalmente uma questão de escolha em Santa Tereza do Oeste, um dos 18 municípios margeados pela rodovia, no trecho de 387,1 quilômetros, entre as cidades de Guarapuava e Foz do Iguaçu, sob concessão da Ecocataratas, empresa do grupo EcoRodovias

A preservação do meio ambiente caminha lado a lado com a empresa que carrega a ecologia no nome. A Ecocataratas emite constantes alertas sobre a prática ilegal de descarte de entulhos às margens da rodovia e cita como exemplo de boas práticas, o programa modelo de coleta seletiva aplicado por Santa Tereza do Oeste. Em pontos estratégicos da cidade, a prefeitura disponibiliza caçambas para que a população possa depositar resíduos e materiais inertes.

Apesar da existência do programa de coleta e de todos os apelos feitos regularmente pelas autoridades, a Ecocataratas ainda se depara com algumas situações desagradáveis, envolvendo a presença de lixo na rodovia. Um dos pontos de descarte inapropriado fica no km 612, nas proximidades do Centro de Rodeios e do Parque Nacional do Iguaçu.

O prefeito de Santa Tereza do Oeste, Elio Marciniak, o Kabelo, considera o programa de coleta indispensável para garantir a correta destinação dos entulhos, evitando assim maiores impactos no meio ambiente. “Estamos fazendo a nossa parte. Agora, a população precisa fazer a dela e utilizar as caçambas em pontos estratégicos da cidade para dar a destinação a estes materiais volumosos”.

O procurador Jurídico de Santa Tereza, Cezar Lazzarotto, explica que a coleta é feita semanalmente por uma empresa, nas 15 caçambas distribuídas em pontos previamente planejados.

É importante salientar que resíduos da construção não podem ser colocados nestas caçambas. A remoção deste material precisa ser feita por uma empresa especializada contratada pelo dono da obra ou da reforma. “Nós só recebemos entulhos menores nessas caçambas”, comenta Lazzarotto. Os materiais reaproveitáveis são reciclados e alguns transformados em paver. A empresa licitada é responsável pela retirada dos entulhos, transporte e destinação final.

A prática de jogar entulhos em lotes baldios ou às margens de rodovias é passível de multa. “A partir da notificação, há um prazo de 72 horas para a retirada do material do local e correta destinação, sob pena de receber uma multa”, alerta o procurador jurídico Cezar Lazzarotto. No caso de flagrantes, a prefeitura orienta as pessoas a denunciar para a prefeitura, com a garantia de anonimato de quem informou as autoridades. Há também a possibilidade de denunciar os casos à Policia Ambiental. Santa Tereza recolhe uma média mensal de 150 toneladas de entulho por mês, o equivalente a 20 caminhões-caçamba lotados.

Para saber mais informações sobre a Ecocataratas acesse o site www.ecocataratas.com.br, por meio do Twitter: @ecocataratas ou no Instagram: @ecocataratas_ acompanhe as nossas redes sociais e fique bem informado. Para entrar em contato com a concessionária ligue para o 0800 345 0277.